17 de Março de 2009

 

Aprendi, eu aprendi que o “para sempre” não existe, e que promessas a longo preso são tretas. Eu aprendi que as pessoas que mais amamos são aquelas que mais nos fazem sofrer. Aprendi que toda a gente tem duas mascaras e que por muito que a pessoa não queria mostrar as duas faces acaba sempre por se revelar. Eu aprendi que até as amizades mais fortes acabam um dia, aprendi que tudo tem um inicio e um fim. Eu aprendi da pior maneira que podemos passar anos ao lado de uma pessoa sem lhe ver um defeito mas a verdade é que não a conhecemos, aprendi que só se conhece uma pessoa quando lhe conhecemos os defeitos. Eu aprendi que contos de fadas só existem em livros de princesas. Aprendi que o nosso príncipe não é aquele que diz que nós ama mas sim aquele que nos olha nos olhos e nos mostra o quanto nos ama. Eu aprendi que desilusões fazem nos crescer. Aprendi a tirar uma lição de vida de cada obstáculo que encontro pelo caminho. Eu aprendi que não se deve deixar de viver a vida por ninguém. Aprendi que eu sou mais importante que eles e que se eu não olhar por mim ninguém mais vai olhar…
Curioso! Eu aprendi tudo isto contigo. E tu o que aprendes-te comigo? Um dia vou entender os motivos pelos quais me ensinas te tudo isto, dizes tu? Um dia é tarde demais… Não tenho mais tempo de ficar presa a um passado que já não volta. Tenho sede de viver.
Autora Menina Filipa às 23:04

littlerunaway:
Dói muito, passados tantos anos, pensamos uma coisa de uma pessoa, e depois virmos a descobrir que afinal essa pessoa não era aquilo que nós pensamos, mas sim o oposto daquilo que idealizamos!
Sabes, tal como disses-te ''Aprendi que eu sou mais importante que eles e que se eu não olhar por mim ninguém mais vai olhar…'', tens toda a razão, tu és mais importante, e se não fores tu a olhar por ti, se não fores tu a gostar de ti, quem vai olhar e gostar? Em primeiro lugar, nós temos de saber e de admitir que somos as pessoas mais importantes, só depois vem os outros! É dificil, mas não custa tentar, não é?
Relativamente ao teu ultimo paragrafo, tenho a certeza que ele aprendeu muito contigo, aprendeu que não pode magoar assim as pessoas, mesmo que ele não o admita! E aprendeu muito mais...
Beijinhos e força minha querida*
E lembra-te sempre que as criticas servem para nos fortalecer ainda mais, e ''cagar''(desculpa a linguagem) para os outros porque nós somos mais importantes, e ninguém vai olhar por nós, se não formos nós próprios!
Agora vive a tua vida intensamente :'D

beijo*
18 de Março de 2009 às 11:21

Açucena:
Por vezes as pessoas nao sao como nos pensamos que eram e erram, ao longo da vida aprendemos as certezas que pensámos serem as correctas mas q dp passam a ser as duvidas...
AS pessoas desiludem-nos e nos a elas, os contos de fadas nao existem mas é bom qd acreditamos neles...;)

beijinhos
19 de Março de 2009 às 19:11

Por vezes, coisas que tomamos como certas, acabam por o não ser... E algumas surpresas aparecem na nossa vida com que não estávamos a contar... Mas é assim a vida... Nem sempre tudo corre como nós gostaríamos e acabamos por ficar desapontados com o que nos acontece...
Mas tens de ter esperança no futuro... Sei que deverá ser complicado confiar novamente em alguém, mas nem todas as pessoa são iguais... E não deves deixar que uma má experiência no passado acabe por influenciar de forma negativa o teu futuro... já baste a dor e sofrimento que essa experiência causou no passado...
19 de Março de 2009 às 23:21

Filipa =D
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
18
21

22
23
25
26
27
28

29
30
31


Passado Recente
links
blogs SAPO